Criando sua primeira automatização

Nós queremos, através da Pluga, que qualquer pessoa consiga criar sua primeira automatização - seja ela familiarizada com tecnologia ou não. Neste passo a passo, vamos te mostrar o quanto isso é simples e rápido. 🙂

Se preferir, você pode assistir o vídeo abaixo.

É importante enfatizar que, como a Pluga é uma ponte de dados - capturando informações da ferramenta de origem e enviando para a de destino -, você precisa ter conta em ambas ferramentas que deseja integrar para poder criar a automatização.

 Vamos ao passo a passo?

    1. Pesquise pelas ferramentas

      Depois de ter feito o cadastro ou login em sua conta da Pluga, o primeiro passo é definir as ferramentas que deseja conectar.

      Para seguirmos este passo a passo, vamos supor que você queira criar uma integração entre Facebook Lead Ads e Pipedrive.

       

      O jeito mais rápido e fácil de buscar pelas automatizações entre essas duas ferramentas é utilizando a caixa de pesquisa. Veja no gif:

      gif_1_-_buscando_pelas_2_ferramentas.gif

       

    2. Escolha a automatização que quer criar

      Após selecionar a segunda ferramenta, você verá que filtraremos por todas as automatizações entre as duas ferramentas.

      Assim que escolher a automatização desejada, é só clicar em cima do card e, em seguida, em "Fazer essa automatização"

      fazer-essa-automatizacao.gif

      Para melhor ilustrar, neste passo a passo vamos fazer a automatização "A cada nova resposta em um anúncio do Lead Ads, criar/atualizar um deal no Pipedrive". Beleza?

       

    3. Autentique as ferramentas

      É na etapa de autenticação que você vai conectar suas contas das ferramentas que utiliza - e deseja integrar - à Pluga.

      Existem algumas ferramentas que pedem uma API Token para serem autenticadas.

      API Token é como se fosse o documento de identidade daquela ferramenta.

      Toda ferramenta que requer uma API Token para autenticação, nós fazemos um passo a passo explicando como encontrá-la na respectiva ferramenta. É só clicar no botão como o indicado na imagem abaixo:

      mceclip1.png

      Após conectar as duas ferramentas à Pluga, é só clicar em "Continuar".

      mceclip1.png 

    4. Ajustes

      Em alguns casos, depois de ter autenticado as ferramentas, é preciso indicar de onde exatamente a Pluga irá capturar os dados da sua ferramenta de origem.

      Seguindo o nosso exemplo com o Facebook Lead Ads, vamos selecionar a página e o formulário do Facebook Lead Ads que serão utilizados na automatização. 

      Depois, é só clicar em "Continuar" para começar a etapa da personalização. 🕺

      gif_1.gif

       

    5. Personalização

      Agora, chegou o tão esperado momento de personalizar a sua automatização! 🤘🤩

      É neste momento que vai selecionar quais informações você quer que a gente capture de sua ferramenta de origem e envie para a sua ferramenta de destino.

      No caso da automatização Facebook Lead Ads → Pipedriveselecionamos em qual "Funil" e "Etapa" o deal será criado/atualizado. Confira:

      mceclip1.png

      Ou seja, neste caso, todo novo lead convertido no formulário escolhido será capturado pela Pluga e enviado para o "Funil"e "Etapa" selecionados.

      Feito isso, você vai selecionar o que nós chamamos de "Atributos", que são as informações da ferramenta de origem (no caso, Facebook Lead Ads) que serão levadas para os "Campos"da ferramenta de destino (no caso, Pipedrive)

      Para visualizar esses atributos, é só clicar em “+ inserir infos do Facebook". Você pode procurar os atributos no campo de busca, como mostra o gif abaixo. Facilita, né? 😎

      gif_2.gif

      No exemplo abaixo, o campo de "Título do Negócio" terá o atributo de "email" seguido pelo "first_name" - ambas informações vindas do Facebook Lead Ads.

       mceclip0.png

      Como você pode ver na imagem acima, o campo "Título do negócio" é um campo obrigatório. Ou seja, para que a automatização funcione 100%, é necessário que este campo seja preenchido tanto no mapeamento da automatização, como também na ferramenta de origem.

      Caso o campo obrigatório não seja preenchido na origem, a ferramenta de destino irá retornar falha e o evento ficará retido em seu painel para correção. Para corrigir um evento com falha, é só seguir o passo a passo do artigo "Como eu corrijo um evento com falha?".

      Além dos atributos vindos da ferramenta de origem, você também pode escrever uma informação fixa dentro dos campos. Exemplo:

      gif_4.gif

      Vale lembrar que algumas ferramentas integradas na Pluga possuem atributos e campos personalizados.

      Na Pluga, atributos personalizados são os campos que você pode criar dentro da sua ferramenta de origem. Estes atributos ficam no botão “+ inserir infos personalizadas”:

      imagem_5.png

      Já os campos personalizados são os campos que você cria na sua ferramenta de destino. Veja, na imagem a seguir, como eles se apresentam:

      imagem_6.png

      Depois que tiver escolhido as informações que quer enviar de uma ferramenta para outra, é só clicar em "Finalizar automatização" no final da página.

      mceclip0.png

      E prontinho! A partir de agora, toda vez que o gatilho da automatização criada for acionado na ferramenta de origem, a Pluga vai capturar essas informações e gerar uma ação na ferramenta de destino.

      No caso da integração entre Facebook Lead Ads e Pipedrive, toda vez que um lead converter em um formulário do Facebook Lead Ads, os dados dele serão capturados e enviados para o Pipedrive em até quinze minutos. =)

 

Ainda com dúvidas?

Caso ainda tenha dúvidas, é só solicitar um atendimento que nosso time de suporte entrará em contato dentro de algumas horas ;)

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 8 de 14